"Eu lembrava vividamente a cor preta dos seus olhos da última vez que ele olhou pra mim - a cor foi marcante no contexto da sua pele pálida e de seus cabelos ruivos. Hoje, seus olhos tinham uma cor completamente diferente: um ocre estranho, mais escuros do que manteiga, mas com o mesmo tom dourado..." (Bella Swan, Crepúsculo)

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

No estúdio de Ballet...

 "Bella, por favor! Bella, me ouça, por favor, por favor, Bella, por favor!", ele implorou.
Sim, eu queria dizer. Qualquer coisa. Mas eu não conseguia encontrar meus lábios.
"Carlisle!", o anjo chamou, agonia na sua voz perfeita. "Bella, Bella, ah, não, por favor,
não, não!" E o anjo chorava sem lágrimas, soluços despedaçados.
Um anjo não deveria chorar, era errado. 

Eu tentei encontrá-lo, dizer que estava tudo
bem, mas a água era profunda demais, estava me pressionando, e eu não podia respirar..."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você é apaixonada por CREPÚSCULO, deixe seu comentário!