"Eu lembrava vividamente a cor preta dos seus olhos da última vez que ele olhou pra mim - a cor foi marcante no contexto da sua pele pálida e de seus cabelos ruivos. Hoje, seus olhos tinham uma cor completamente diferente: um ocre estranho, mais escuros do que manteiga, mas com o mesmo tom dourado..." (Bella Swan, Crepúsculo)

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Bela Swan


 Parecia que eu estava presa em um daqueles pesadelos apavorantes em que você precisa correr, correr até os pulmões explodirem, mas não consegue fazer com que seu corpo se mexa com rapidez eficiente...(...)mas isso não era um sonho e, ao contrário do pesadelo, eu não estava correndo para salvar a minha vida: eu corria para salvar algo infinitamente mais precioso. Hoje minha própria vida pouco significava para mim...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você é apaixonada por CREPÚSCULO, deixe seu comentário!